O que são eSports e as melhores casas para apostar

Sites de Apostas > Atualidade > O que são eSports e as melhores casas para apostar

Fenômeno de popularidade no Brasil e no mundo, os eSports (esportes eletrônicos) são eventos ou torneios organizados de videogame nos quais jogadores profissionais e amadores competem entre si. De acordo com um relatório divulgado pela empresa Newzoo, agência global de marketing especializada nos e-sports, o número de gamers (jogadores de videogame) no Brasil já representa aproximadamente 80 milhões de pessoas.

Em termos de popularidade o Brasil só está atrás de Estados Unidos e China, o que demonstra a paixão dos brasileiros por jogos como Counter Strike: Global Offensive, Dota 2, League of Legends, Overwatch, Fifa, PES, MLB: The Show, NBA 2K e tantos outros.

“A paixão que os brasileiros possuem pelos games é muito grande. Os números que conseguimos nas transmissões de campeonatos, muitas vezes, chegam a ficar equivalentes ao de outros esportes tradicionais, como o futebol. O CBLOL, o principal campeonato no Brasil, atrai 1 milhão de espectadores por partida”, destaca Roberto Iervolino, gerente-geral da Riot Games.

eSports, um esporte muito popular no Brasil

A popularidade dos eSports em um país de dimensões continentais como o Brasil também pode ser medida com base no fato de que variados torneios são acompanhados de perto por diferentes sites e plataformas distintas. No Brasil, os torneios de eSports são transmitidos por canais de TV fechada como ESPN Brasil e SporTV, e também pelas principais redes de streaming: Twitch TV, Facebook Watch e YouTube.

Em 2019, 21 milhões de telespectadores brasileiros chegaram a assistir a algum evento de e-sports — número que representa crescimento de 20% em relação a audiência de 2018.

Com grandes números de audiência e um público fiel, os esportes eletrônicos passaram chamar a atenção de grandes clubes do futebol brasileiro, como Flamengo, Corinthians, Cruzeiro, Santos, Athletico-PR, entre outros.

Segundo a Pesquisa Game Brasil 2019, a maioria dos entusiastas brasileiros acompanham torneios de eSports pelo YouTube, cerca de 60% de público. Na última edição do campeonato brasileiro de Free Fire, vencida pelo Corinthians, Mais de 1 milhão espectadores simultâneos acompanharam a transmissão da final do torneio — recorde de audiência em um único evento de eSports no Brasil.

A 20ª Pesquisa Global de Entretenimento e Mídia Brasil, da PwC Brasil, aponta que três fatores mudaram o cenário de games no Brasil: a mudança no hábito do consumidor, a convergência de negócios e o empoderamento do consumidor.

A PwC Brasil também acredita que o mercado de games no país deve crescer em torno de 5,3% até 2022. Se a previsão da empresa concretizar-se, o Brasil continuará na liderança de eSports da América Latina nos próximos anos.

No entanto, enquanto os governos de outros países concorrentes já reconhecem os atletas de eSports como jogadores profissionais, no Brasil ainda não há uma definição quanto a essa questão de profissionalizar de vez o esporte virtual. Uma boa notícia é que a PL 383/2017, projeto de lei que tem como objetivo regulamentar a prática dos esportes eletrônicos no país, está em andamento no Senado, na Comissão de Educação, Cultura e Esporte.

Vale mencionar que a regulamentação do setor visa organizar com mais profissionalismo as competições e também regularizar os jogadores e técnicos, dando a eles os mesmos direitos de qualquer profissional em outra área.

Esportes eletrônicos ajudaram a aquecer o setor das apostas esportivas

Um dos mercados de eSports que foram mais aquecidos com o aumento da popularidade dos torneios profissionais dos esportes eletrônicos é o setor das apostas esportivas. Grandes casas de apostas como Bet365, Rivalo, NetBet, 22Bet, Betway, Spin Sports e 888sport abriram as suas portas para diversos mercados do mundo virtual e hoje os esportes eletrônicos ocupam um espaço relevante do mundo das apostas.

Na Bet365, por exemplo, o público pode assistir em tempo real várias partidas de eSports em que está apostando, assim como em modalidades populares do mundo real, como futebol, basquete, tênis e tantas outras.

Porém, nem tudo são flores. A maioria das casas de apostas europeias limitam os clientes mais lucrativos rapidamente e isso gera uma certa instabilidade no setor. Uma dica é os clientes não investirem grandes quantias nas apostas, pois assim as chances de limitação são menores.

Um alento é que com o aumento do volume das apostas nos torneios de esportes eletrônicos, a expectativa é que a frequência de limitação por partes das casas de apostas europeias diminua com o crescimento do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top 5 sites de apostas
22Bet
22Bet

Até R$600 em bônus + 22 Bet Points

Bet365
Bet365

Até R$200 em bônus de boas-vindas

LeoVegas
LeoVegas

Até R$150 em bônus de boas-vindas

Spin Sports
Spin Sports

Até R$1.000 em bônus de boas-vindas

Betsson
Betsson

Até R$200 em bônus de boas-vindas