Como precificar corretamente o fator cansaço no beisebol

Um dos componentes mais importantes do jogo de beisebol é sem dúvida nenhuma o cansaço. As equipes, na MLB, jogam cerca de 28 vezes por mês e com pouquíssimos dias de descanso. É verdade que o jogo de beisebol não é muitas vezes tão cansativo como outros esportes mais conhecidos, mas o cansaço não deixa de ser um fator importante em uma temporada regular com partidas em quase todos os dias.

Portanto, sendo um fator tão importante no beisebol, separamos alguns pontos essenciais para o apostador ficar de olho na hora de precificar o cansaço dos jogadores no beisebol.

Arremessador titular: observar os dias de descanso entre os jogos

É diferente analisar o cansaço de um arremessador titular de um reserva. Para o titular, geralmente ele entre arremessa entre 80 a 100 bolas por partida e tem um intervalo de cinco dias entre uma partida e outra.

O intervalo de dias é fundamental para o jogador se recuperar fisicamente, visto que lançar uma bolinha de beisebol a 160 km/h por mais de 80 vezes durante uma única noite está longe de ser uma tarefa simples — além de todo estresse psicológico que um arremessador titular enfrente dia após dia.

Dessa maneira, é fundamental observar se o arremessador titular teve os devidos dias de descanso entre um jogo e outro. Se você notar que ele vai atuar com quatro ou até menos dias de descanso, isso pode abrir uma grande oportunidade para você apostar no outro lado.

Arremessador reserva: observar a carga de jogos recente

Um ótimo arremessador reserva atua, na MLB, cerca de 60 vezes por temporada regular — ou seja, ele joga uma vez a cada 2,5 jogos, visto que a temporada tem 162 partidas.

Para dar conta de tantas partidas e muita demanda, tendo em conta que o arremessador titular geralmente cumpre apenas seis entradas, cada time conta com um corpo de sete a oito relievers.

Geralmente um bom arremessador reserva joga em dias intercalados, mas há situações em que a equipe está jogando uma alta carga de jogos, incluindo partidas de entrada extra ou jogos em que o arremessador titular saiu bem cedo, e isso acaba sobrecarregando demais o bullpen.

São em situações de sobrecarga de bullpen, em que muitos arremessadores reservas precisam jogar por dois ou até mesmo três dias consecutivos, que abrem oportunidades para você investir contra o time que tem o bullpen cansado.

Para observar o cansaço do bullpen, o site Baseball Press mostra muito bem, na parte de bullpen usage, o número de arremesso de cada um dos relivers das equipes da MLB.

Em linhas gerais, evite confiar em times que estão com a maioria dos arremessadores reservas indisponíveis por conta de cansaço. Isso vai te salvar que eventuais viradas contra em momentos decisivos do jogo.

Fique sempre por dentro das notícias

Apostar é ter conhecimento da informação e no beisebol não é diferente. Estar por dentro das notícias pode de dar insights valiosos que nem sempre estão presentes nas estatísticas.

Pelo fato do beisebol ser um esporte de repetição, muitas vezes os arremessadores jogam longe de estarem 100% fisicamente. Uma reclamação de uma dor extra, um jogo passado em que atuou poucas entradas e fatores do tipo são informações essenciais para você poder fazer uma aposta contra.

Outro ponto muito relevante é evitar confiar em arremessadores que voltaram da lista dos contundidos. Normalmente o arremessador retoma da lesão fora de sintonia com o catcher e sem ritmo de jogo e isso pode apresentar oportunidades ótimas para apostar contra.

Portanto, sempre fique por dentro das notícias, pois isso pode te dar uma vantagem considerável sobre a casa de aposta.

Procure por situações ótimas no doubleheader

Para quem não sabe, doubleheader nada mais do que dois jogos no mesmo dia, disputado entre si pelas mesmas equipes. Isso acontece com certa frequência, visto que o calendário da MLB é muito apertado e quando um jogo é adiado ele precisa ser repassado para uma data em que provavelmente já há uma partida marcada.

Por ter que atuar duas vezes na mesma data, o doubleheader tem algumas curiosidades. Os jogos são de apenas sete entradas e quase sempre os arremessadores que jogam na primeira partida não atuam na segunda.

Portanto, você pode encontrar situações valiosas em que um determinado time esgotou a maioria de seu bullpen no primeiro jogo do doubleheader e, consequentemente, chegou para a segunda partida sem nenhum bom arremessador reserva disponível.

Sendo assim, fique sempre de olho no uso dos arremessadores em situações de doubleheader para você poder aproveitar as melhores oportunidades de investimento no beisebol.

Top 3 sites de apostas
Betway
Betway

100% do valor do depósito até 5.000MT em bónus de boas-vindas