3 erros comuns na hora de escolher um grupo de picks

Nem todos sabem como escolher um grupo de picks. Por ser um tipo de consultoria relativamente novo no mercado moçambicano, são poucos os apostadores que sabem quais critérios são necessários para escolher uma boa assessoria.

Portanto, para você não cometer erros totalmente evitáveis, separamos alguns erros comuns na hora de escolher um grupo de picks.

Não se atentar com a liquidez do mercado

Tudo nas apostas esportivas gira em torno da liquidez do mercado. E o que significa esse termo? Bom, um mercado nas apostas esportivas é como se fosse uma mesa de poker. Os apostadores colocam as suas apostas e a casa segura aquele dinheiro para o evento. Dessa maneira, o vencedor do jogo terá um limite de ganhos, que é determinado pela quantidade de dinheiro envolvida naquele determinado jogo.

Dessa maneira, uma partida da Premier League, por exemplo, resulta em milhões de dólares investidos em um mesmo jogo. Sendo assim, o dinheiro máximo disponível para a aposta em um jogo dessa natureza é gigantesco. Em um Chelsea x Arsenal, por exemplo, pegar um dos times para vencer geralmente tem limite de aposta máxima que beira os R$ 500 mil em casas de apostas como a Pinnacle.

Em contrapartida, um jogo da segunda divisão do campeonato português, por exemplo, normalmente só chamará a atenção dos apostadores locais. Uma partida desse cenário não ultrapassará os R$ 5 mil de limite por bet máxima.

Tudo isso explicado acima é designado o nome de “liquidez” e os grupos de apostas são pautados por isso. Portanto, uma consultoria de vôlei terá muito menos limite de dinheiro para apostar do que uma de futebol espanhol.

Isso pode influenciar bastante na qualidade do grupo de aposta em questão. Por exemplo: se você segue um grupo apenas de apostas da segunda divisão do futebol português, as apostas terão um limite pequeno e, se o grupo contar com muitas pessoas e várias entrarem na aposta assim que o tipster enviar a pick, a tendência é que aquela aposta em questão seja “derretida” em sua cotação.

Para entender mais sobre isso, é só pensar o lógico. A casa de aposta normalmente tem um dispositivo de segurança que trava o mercado ou derruba consideravelmente as cotações quando entra muito dinheiro de uma vez só em um mercado pequeno. Esse tipo de ação indica que o apostador sabe de alguma informação que a casa de aposta não tem e, consequentemente, a cotação mostrada no site está desajustada.

Esse dispositivo de segurança da casa de aposta pode tornar o grupo de aposta inviável de seguir — principalmente se o grupo em questão for disponibilizado em casas de apostas muito cautelosas nesse assunto.

Já um grupo de aposta que foca em mercados de liquidez alta, como Premier League, NBA e etc, será necessário milhares e milhares de pessoas investindo em uma mesma cotação para que a casa de aposta mude consideravelmente a linha para tal partida — assim tornando muito melhor de seguir tal assessoria.

Sendo assim, na hora de escolher um grupo de aposta, não caia no erro de entrar apenas pelo resultado da consultoria. Pesquise se a liquidez daquele mercado em questão é boa o suficiente para aguentar as suas apostas. Caso contrário, você só terá a frustração de apostar em um mercado que sempre terá as cotações derretidas assim que o tipster enviar a entrada.

Entrar em muitos grupos de picks

Sabe aquele ditado que diz que “menos é mais”? Então, nas apostas esportivas isso se traduz muito bem quando o assunto é contratar grupos de picks.

Entrar em muitos grupos de picks pode ser perigoso para o seu bankroll por diversos motivos. O primeiro é o tempo gasto para pegar todas as entradas. Supomos que você siga cinco consultorias diferentes e que cada tipster envia pelo menos duas entradas por dia — totalizando uma média de 10 diariamente. Você teria tempo de seguir tanta coisa assim? Caso você já esteja na rotina e não dê conta de pegar tudo isso, saiba que a sua estratégia está errada.

É consenso que o apostador precisa seguir pelo menos 90% das picks enviadas pelo tipster. Portanto, não tente abraçar o mundo sendo extremamente agressivo na quantidade de consultorias. No máximo quatro já está de bom tamanho, tendo uma média de 6-8 picks por dia. Qualquer coisa acima disso geralmente pode dificultar bastante a sua rotina para entrar em todas as picks.

Ser muito imediatista

Esse é um erro clássicos dos apostadores, principalmente aqueles que estão iniciando nas apostas esportivas. O imediatismo que toma conta dos clientes e que não dá tempo do tipster estabelecer qualquer tipo de trabalho de médio a longo prazo.

Há muitos erros em ser imediatista. O principal deles é o fato de que muitos clientes saem justamente quando o tipster está na curva descendente do mês — sendo que a tendência dos bons apostadores é subir de resultado após um período negativo.

Dessa maneira, ao sair no red, os clientes perdem a chance de retomada do tipster, não dando ao mesmo qualquer tipo de oportunidade de trabalhar a médio ou longo prazo. Esse tipo de imediatismo é algo totalmente amador e contra um projeto profissional de apostas.

Top 3 sites de apostas
Betway
Betway

100% do valor do depósito até 5.000MT em bónus de boas-vindas