Guia de Apostas Copa América 2021

Veja dicas para encontrar as melhores cotações no guia de apostas Copa América 2021, competição a se iniciar em junho de 2021.

Ainda em abril de 2020, a CONMEBOL anunciou o adiamento da Copa América 2020 em razão da pandemia de Covid-19, e a competição deve ter início em junho de 2021, a ser realizada na Argentina e na Colômbia, pela primeira vez na história em duas sedes; veja as datas:

  • Fase de grupos: 13 a 28 de junho
  • Quartos de final: 2 a 4 de julho
  • Semifinais: 6 e 7 de julho
  • Final: 10 de julho

Veja as cidades e os estádios que receberão jogos da Copa América 2021:

  • Estádio Metropolitano, Barranquilla, Colômbia
  • El Campín, Bogotá, Colômbia
  • Estádio Olímpico Pascual Guerrero, Cali, Colômbia
  • Atanasio Girardot, Medellín, Colômbia
  • Monumental de Nuñez, Buenos Aires, Argentina
  • Mario Alberto Kempes, Córdoba, Argentina
  • Estádio Malvinas Argentinas, Mendoza, Argentina
  • Estádio Único Madre de Ciudades, Santiago del Estero, Argentina

Principais regras da Copa América 2021

Diferentemente de outras edições do torneio, a Copa América 2021 não receberá seleções convidadas, contando apenas com os 10 países da América do Sul, divididos em 2 grupos de 5 equipas, com 5 rodadas de todos contra todos. Os 4 primeiros colocados de cada grupo classificam-se para os quartos de final, para daí atuar em jogos eliminatórios até a final.

Veja a divisão dos grupos:

Grupo A: Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai

Grupo B: Brasil, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela

A Copa América 2021 ainda em meio à pandemia de Covid-19

Apesar da confirmação momentânea da CONMEBOL para a realização do campeonato, as condições do torneio ainda estão suscetíveis a mudanças por conta da pandemia de Covid-19, principalmente no sentido de que cidades e países passam por fases distintas dos níveis de contágio da doença.

O planejamento é que as seleções se organizem em ‘bolhas, tal qual a NBA em 2019/20, para isolar os atletas e evitar os números de contágio nos jogos disputados na Argentina e na Colômbia.

Quais são os principais favoritos para a Copa América 2021?

A falta de jogos das Eliminatórias em 2021, cancelados pela piora da pandemia sobretudo no território brasileiro, não permitiu a análise mais recente das seleções, mas ainda assim, é possível basear-se em desempenhos anteriores.

Brasil

A Seleção Brasileira é a mais constante de todo o continente, contando com um esquema bem definido e organizado pelo técnico Tite, além de ter grandes talentos em alta no futebol europeu como Neymar Jr. e Casemiro, além de jovens com muito potencial, como Vinícius Júnior e Renan Lodi.

Argentina

A desorganização completa da AFA – Associação de Futebol Argentina – ainda pesa bastante no desempenho da Seleção, porém, os talentos dentro de campo e o fator casa pode fazer diferença. Ao lado de nomes como Lautaro Martínez e Ángel Di María, Lionel Messi seguirá em busca de seu primeiro título com a equipa principal da Argentina.

Colômbia

Nos últimos tempos, a Colômbia tem ultrapassado o Uruguai na disputa pelo ‘título’ de terceira força do futebol sul-americano. Jogando em casa, a seleção que conta com James Rodríguez, Luis Muriel e Juan Cuadrado pode surpreender e buscar uma boa conquista para coroar a geração.

Uruguai

O Uruguai vive época de troca de gerações, com nomes já envelhecidos como Luis Suárez e Diego Godín. Porém, também conta com jovens que podem dar conta do recado, como Ronald Araújo, Matías Viña e Darwin Núñez, chegando também com força para buscar mais um título da Copa América.

Quem corre por fora?

Chile

A seleção treinada pelo uruguaio Martín Lasarte também vive um momento de transição de geração, apostando em jovens como Carlos Palacios e ainda veteranos como Cláudio Bravo.

Peru

A Seleção Peruana surpreendeu em 2019 ao chegar na final contra o Brasil, mas deve ter mais dificuldades nesta edição, por mais que conte com nomes famosos no cenário sul-americano como Paolo Guerrero e Christian Cueva.

Outras apostas:

Quais os principais jogadores para a Copa América 2021?

Lionel Messi

O camisa 10 da Seleção Argentina ainda busca um título com o seu país, com a única conquista das Olímpiadas de 2008. Com a final em casa, a tendência é que o meia-atacante se apresente bastante nos jogos e brigue pela artilharia.

Neymar Jr.

Em uma temporada com novas lesões, Neymar consegue manter as boas atuações e vem em busca da Copa América, que não disputou no Brasil em 2019, ainda mantendo ótimos números e sendo fundamental para a Seleção Brasileira.

Luis Suárez

Após a saída do Barcelona, o avançado veterano se reencontrou no Atlético de Madrid e mostrou que ainda pode ajudar muito a nível de clube e de seleção, marcando golos importantes e até servindo os companheiros.

James Rodríguez

Após anos mais incertos no Real Madrid, James encontrou uma boa forma no Everton, na Inglaterra, e também pode ser bem importante para a Colômbia que joga em casa nesta Copa América.

Casas de apostas para a Copa América 2021

Veja casas de apostas para o torneio continental:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Top 5 sites de apostas
Betway
Betway

10€ em bónus de boas-vindas

Luckia
Luckia

Até 1.500€ em bónus de casino

Betano
Betano

Até 50€ em bónus de boas-vindas

Betclic
Betclic

Até 20€ em bónus de boas-vindas

Nossa Aposta
Nossa Aposta

Até 105€ em bónus de boas-vindas