Trabalhando em bad run nas apostas

Sites de Apostas > Academia > Dicas para apostadores experientes > Trabalhando em bad run nas apostas

Quem é veterano nas apostas sabe muito bem que em algum momento a tão temida bad run (sequência de resultados ruins) chegará, e cada apostador procura trabalhar da maneira que sente mais confortável nesses momentos que estão longe ser agradáveis. É justamente nessas situações que muitas questões que deve ser trabalhadas para que não haja grandes perdas, tanto pelo lado financeiro quanto pela questão de estabilidade emocional.

Stop Loss

O stop loss é um termo também utilizado no mercado de ações e serve como uma maneira de limitar as perdas quando as coisas não saem como esperado. Nas apostas também é assim, mas até que ponto o stop loss é válido.

Se o apostador tem um método eficiente de análise e tem controle sobre os esportes que analisa, o stop loss pode não ser muito interessante, pois nesse caso pode ser somente um momento ruim de curta duração. Mas é claro que, em situações extrema, o stop loss é bem-vindo.

Agora, se o apostador utiliza de “fórmulas prontas” para encontrar apostas de valor e não tem tanto controle de análise sobre os esportes que aposta, o stop loss é uma ótima saída — até mesmo para realizar uma autocrítica.

Geralmente, os apostadores mais experientes definem um teto para ativar o stop loss. Por exemplo, em caso chegar a perder 20 unidades monetárias no mês.

Stop Loss também pode ser interessante para o apostador recarregar as baterias emocionalmente e dar um tempo nas apostas sem um prazo definido para voltar a operar. No poker, por exemplo, muitos jogadores entram em stop loss quando se veem em uma sequência muito ruim.

Procurar não deixar escapar apostas de valor

Muitos apostadores perdem muita confiança em bad run e isso é algo completamente compreensível, o que não pode acontecer é o apostador ficar totalmente bloqueado e deixar escapar boas oportunidades para apostar.

Quando chega no ponto mencionado anteriormente, talvez seja o momento de dar uma pausa e não deixar que uma simples bad run arruíne a banca de investimentos.

Nem tudo está errado

Como foi destacado logo no início do artigo, bad runs acontecem e são invitáveis na carreira de um apostado. Portanto, em caso de bad run, o apostador deve entender que nem tudo está errado e não deve apelar para o lado imediatista, mas sim realizar pequenos ajustes. A não ser que aconteça bad runs constantes, uma atrás da outra.

Por isso é importante entender as nuances do esporte que aposta. Apostadores que têm a facilidade de serem experts no assunto conseguem identificar os erros em curto espaço de tempo e não ficam trocando de método a todo instante.

Escutar outros apostadores pode ajudar

Escutar bons apostadores e que fazem parte do círculo pessoal de confiança, pode ser um caminho interessante para criar caminhos alternativos com o objetivo de voltar a boa fase o mais rápido fácil.

Além disso, o apostador profissional sabe muito bem que as apostas não perdoam arrogância, pois até os melhores apostadores do mundo estão em processo de aprendizagem e evolução nas apostas, ninguém é perfeito para tomar 100% decisões nas apostas e ter a capacidade de administrar situações desfavoráveis sem entrar em pânico é uma vantagem e tanta.

Top 5 sites de apostas
Betfair
Betfair

Até R$400 em bônus de boas-vindas com o código ZBBL01

Rivalo
Rivalo

Até R$777 em bônus de boas-vindas

22Bet
22Bet

Até R$600 em bônus + 22 Bet Points

Betway
Betway

Até R$200 EXCLUSIVO em bônus de boas-vindas + R$25 grátis para apostar

Bet365
Bet365

Até R$200 em bônus de boas-vindas