Dicas para analisar over e under na NFL

Um dos principais mercados do futebol americano, o de pontos é extremamente popular e geralmente conta com liquidez altíssima — ou seja, limite praticamente infinito no que diz respeito ao valor da aposta colocada. Na NFL, as linhas de aposta de under e under geralmente são muito bem colocadas pelos bookmakers. Dessa maneira, é complicado encontrar brechas no que diz respeito à pontuação geral de uma partida, no entanto, é possível se sobressair ao aplicar métodos e estratégias interessantes na hora de analisar esse mercado.

Tudo começa pelo quarterback

Nos últimos 20 anos, a NFL evoluiu em um ritmo frenético no ataque. A partir de quarterbacks como Peyton Manning, Kurt Warner e Tom Brady, a liga passou a ter um foco extremamente alto no jogo aéreo.

Combinado com a desvalorização dos running backs, os quarterbacks se tornaram a alma e o coração de um time e, consequentemente, são eles que ditam o ritmo do sistema ofensivo.

Portanto, na hora de avaliar o poderio ofensivo de uma equipe, o ponto de início precisa ser no quarterback. Dicas como analisar a fase recente, o histórico fora de casa e a capacidade de jogar contra determinados esquemas defensivos são pontos fundamentais para o apostador.

É preciso entender e diferenciar os esquemas defensivos

Defesa 4-3, 3-4, safety aproximado à linha defensiva, nickel defense, zona, man-to-man e etc. Essas são apenas algumas das características e estilos defensivos que as equipes da NFL utilizam e o apostador precisa conhecer cada uma delas.

Por exemplo, há quarterbacks que sofrem mais com a marcação individual em pressão, como é o caso de Patrick Mahomes. Já outros quarterbacks são favorecidos quando a defesa adversária utiliza zona com frequência, como era o caso de Peyton Manning.

Esses detalhes são importantes na hora do apostador identificar matchups e, consequentemente, traçar um mapa sobre como será aquela determinada partida em termos de pontuação.

A condição climática é sempre relevante (em campos abertos)

Ao contrário do beisebol, que tem como seu ápice o verão estadunidense, no futebol americano da NFL a liga atinge o seu auge durante o inverno. Por isso, em estádios abertos, são muitos os casos de jogos com neve pesada.

Sendo assim, pensar um pouco através da lógica para entender como a condição climática é importante. Quando o clima está perfeito e sem uma nuvem no céu, o quarterback tem mais facilidade para trabalhar. A bola voa com mais velocidade e o clima quente faz com que o gramado, consequentemente, esteja nas melhores condições possíveis.

Já na neve pesada ou na chuva torrencial o oposto acontece. A grama fica extremamente castigada, causando um jogo mais físico e de muito impacto entre os jogadores. Além disso, os quarterbacks sentem dificuldades de conseguir aderência na bola — além da visão prejudicada por conta do mau tempo.

Um exemplo prático de como o mau tempo influencia diretamente na pontuação do jogo aconteceu na semana 15 da temporada regular de 2019. Na partida entre Kansas City Chiefs e Denver Broncos, a linha pré-live estava 44 pontos. No entanto, uma tempestade de neve assolou a partida durante quase todo tempo e, naturalmente, os ataques foram prejudicados.

Como era de se esperar, o jogo entre Chiefs e Broncos teve menor pontuação do que o previsto e terminou 23 a 3 para os Broncos. Portanto, na hora de avaliar a pontuação de um jogo de NFL, é necessário estar atentos às notícias e analisar muito além do que simplesmente a qualidade dos jogadores em campo.

Top 5 sites de apostas
Bet365

Até R$200 em bônus de boas-vindas

Bodog

Até R$200 em bônus de boas-vindas

Betwarrior

100% de bônus de boas-vindas até R$300

Betway

Até R$200 EXCLUSIVO em bônus de boas-vindas + R$25 grátis para apostar

Betfair

Até R$400 em bônus de boas-vindas com o código ZBBL01