Conheça os eventos da ATP para apostar no tênis masculino

Sites de Apostas > Academia > Tênis > Conheça os eventos da ATP para apostar no tênis masculino

A ATP (Associação de Profissionais de Tênis) é responsável por organizar grande parte do calendário tenístico. Mas muitas pessoas acabam confundido os eventos ATP com os da ITF (Federação Internacional de Tênis), que é responsável por organizar a Copa Davis e os Grand Slams.

ATP 250

ATP 250 é o quarto nível de torneios da ATP. Além disso, grandes jogadores, geralmente, não participam de todos eventos 250, já que são muitos torneios dessa categoria durante a temporada.

Em torneios desse há um mix de jogadores bem ranqueados com tenistas de ranking baixo, mas com potencial de crescimento no circuito. Essa combinação é muito interessante, pois os torneios são muito disputados e de bom nível técnico.

O campeão de cada torneio desse nível soma 250 pontos no ranking da ATP. Na América do Sul, apenas Argentina e Chile sediam torneios ATP 250.

ATP 500

Terceiro nível dos torneios da ATP, a série ATP 500 conta com jogadores melhores ranqueados dos que eventos de 250. Os mais populares na série 500 são Roterdã, Dubai, Barcelona, ​​Hamburgo, Pequim e Tóquio. Alguns jogadores levam seus respectivos nomes em quadras de torneios ATP 500, como Rafael Nadal (Barcelona) e Roger Federer na Basileia.

O Brasil é o único da América do Sul que sedia um torneio de nível ATP 500, o Rio Open. Grandes jogadores já passaram pelo evento, como Rafael Nadal, Dominic Thiem, Jo-Wilfried Tsonga, Fabio Fognini, Fernando Verdasco, Gael Monfils, Diego Schwartzman e tanto mais. O campeão de cada torneio dessa série soma 500 pontos no ranking da ATP.

Masters 1000

Segundo nível dos torneios da ATP, os torneios Masters 1000 é um dos principais objetivos nas carreiras dos tenistas. Esta série estreou em 1990 e conta com os melhores jogadores masculinos em nove torneios principais do calendário do ATP Tour. Os campeões nos eventos Masters 1000 ganham 1.000 pontos no ranking da ATP.

Apesar de algumas já terem sido ventiladas, a América do Sul nunca sediou um Masters 1000. Parte disso, é em razão de patrocínio e publicidade.

ATP Finals

O ATP Finals só perde para os Grand Slams em nível de importância. O Finals é o último torneio do ano e é disputado pelos oito melhores tenistas do ano. Além de ser muito importante para o calendário tenístico, o ATP Finals, em muitas oportunidades, já decidiu o número 1 do mundo. O campeão ganha 1.500 pontos.

ATP Cup (seleções)

A ATP Cup é um evento de 10 dias disputado em três cidades diferentes da Austrália e que conta com equipes de 24 países ao redor do mundo, cada uma formada por cinco tenistas. As 24 seleções são divididas em seis grupos distintos (A, B, C, D, E, F) compostos por quatro países cada.

Nos seis primeiros dias de evento, cada seleção joga contra as outras três equipes do respectivo grupo em duelo melhor de três — duas partidas de simples e um jogo de duplas. Vão para a segunda fase as seis seleções que liderarem os seus respectivos grupos, assim como os dois melhores segundos colocados. Nessa fase, oito seleções disputam uma mata-mata (quatro seleções de cada lado da chave) até definir a campeã.

Como é uma competição organizada pela ATP, os jogadores pontuam no ranking, algo que agrada muito os jogadores. “Gosto que ele pertence ao ATP, aos jogadores e que temos pontos no ranking”, diz Novak Djokovic.

Qual é o melhor torneio da ATP para apostar?

Não há como cravar qual o melhor torneio de tênis da ATP para apostar, pois cada apostador tem uma visão diferente sobre o tênis. Por exemplo, há apostadores com leitura mais apurada em eventos de saibro, enquanto que outros apresentam maior facilidade para trabalhar em torneios de quadra rápida.

Top 5 sites de apostas
22Bet
22Bet

Até R$600 em bônus + 22 Bet Points

Bet365
Bet365

Até R$200 em bônus de boas-vindas

Spin Sports
Spin Sports

Até R$1.000 em bônus de boas-vindas

888sport
888sport

$40USD em apostas grátis*

Rivalo
Rivalo

Até R$777 em bônus de boas-vindas